arquivo

Arquivo mensal: março 2009

São fotos de fotos, a qualidade não é muito boa, mas dá pra se ter uma idéia de como o estilista está trabalhando as espardenyas. Originais na Vogue España de março.

Vogue España, março 2009

Vogue España, março 2009

A influência também aparece nas silhuetas. O chapéu e o cinto são de ráfia:

Estão longe de ser meus sapatos preferidos. Mas digamos que, historicamente, as alpargatas não podem ser excluídas da sapataria moderna. Não vou entrar aqui na história desses calçados de lona, com sola de esparto ou cânnhamo. Mas vale mencionar que na Viquipèdia se destaca a existência de um documento de 1322 onde se descrevem as espardenyes, um sapato típico dos campesinos medievais da Espanha e da França, que foi “exportado” à América Latina durante a colonização.

la manual alpargatera (fernanda zanuzzi)

Há quatro ou cinco anos anos, fazendo um fashion tour por Barcelona com um amigo desenhador de calçados, vimos um senhor na rua que calçava as típicas alpargatas catalanas com tanta naturalidade que paramos para perguntar onde podíamos encontrar um par igual. Ele nos levou à La Manual Alpargatera, na Carrer Avinyò, em frente do que hoje é a Adidas e ao lado da American Appareal, inaugurada no ano passado. Faz pouco menos de um ano, uma outra amiga igualmente fanática por sapatos teve a idéia de levá-los à Nova Zelândia, e agora, Marc Jacobs lança sua versão das alpargatas.

E eu não podia deixar de juntar tudo.  As cores das espardenyas MJ variam, têm brilho, salto agulha de crochê e me lembram alguns modelos que estavam na vitrine da La Manual em fevereiro.

la manual alpargatera (fernanda zanuzzi)

No entanto, meus modelos preferidos até agora são os rústicos, que valorizam as fibras naturais e os acabamentos artesanais. Este foi fotografado em setembro do ano passado, durante a 080 Barcelona (que ainda não foi confirmada para este ano?)

bcn 080 (fernanda zanuzzi)